sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Será???



Será que eu sou a lembrança doida na vida de alguém?
É assim que começo a minha sexta-feira. Como todas as manhãs logo que ligo o meu pc, vou dar uma olhadela nos lugares virtuais que frequento todos os dias: orkut, twitter e facebook e foi neste que encontrei logo de cara uma perguntas dessas, se eu não fosse afetada, teria passado batido nesta indagação, massss...como sou afetadíssima, principalmente no que tange às lembranças que eu por ventura tenha deixado em alguém. Desde ontem que me lembro do meu ex-boyfriend, que nem friend ficou. E hoje me vem essa dúvida. Parei pra pensar sobre isso não apenas no relacionamento que tive com ele, mas com os outros também, mas com os outros nada foi real, foi tudo pseudo. Bom, voltando...acho que a resposta para esta infâme indagação é SIMMM. Sou uma lembrança doida na vida de alguém, sei até de quem kkk. Que horror!


Isso não é bom gente, temos que nos esforçar para sermos alguém que deixa saudades, alguém que faz falta, alguém querido. Daquelas pessoas que passe o tempo que passar num encontro casual seremos recebidos com um belo sorriso e abraço apertado somado a uma afirmação espontânea de que estamos sumidos. Ser lembrado com alegria deve ser o nosso objetivo do dia. Se a gente dividisse a vida em dias, daríamos muito mais valor a ela, tipo assim, hoje é UM dia, e não mais um dia, então devo aproveitá-lo para fazer o máximo de coisas legais com e para alguém, amar o máximo que puder, sorrir e fazer sorrir o máximo que conseguir e ser e fazer feliz tantas pessoas encontrar.

Beijão!

Paty

3 comentários:

Andrea Lane disse...

Valha, tbm concordo. Entendo perfeitamente tudo que vc disse aqui nesse post. kkk
Bjs

Paty disse...

Tuuuu? mas eu aposto que tu não é a lembrança doida na vida de alguém, deve ter sido na parte final do post que vc se passoua concordar.rsrsrs

:P

Unknown disse...

徵信
徵信社