domingo, 21 de setembro de 2008

e r u p ç ã o

Houve um tempo em que estar perdida era tão normal, comum pra mim, que já vivia acostumada com isso, esse período passou, e hoje quando me vejo desorientada novamente não sei mais lidar com esse sentimento, logo, estou ainda pior.Ou não.Já que tudo tem um lado positivo e outro negativo.
Passei tanto tempo pedindo a Deus que colocasse alguém na minha vida que me fizesse acreditar que eu pudesse ser amada e quem sabe assim eu aprendesse a amar.Pois bem, Ele colocou.E sabe o que eu fiz?não soube lidar com isso.Tem algo aquei dentro que insiste em me dizer que as coisas não estão certas, que não é assim que a banda toca, que me faz voltar a ser rebelde, grossa, ignorante e a ser aquela pessoa que tanto detesto.Não sei o que fazer pra me controlar.Acabo magoando os que amo.Essa coisa de mágoa é muito séria porque todo mundo acha que apenas quem sofre é o sujeito passivo, mas não, quando o sujeito ativo descobre as burradas que andou fazendo desaba.Foi o que aocnteceu comigo ontem.Descobri que não mudei coisa nenhuma, apenas o vulcão Patrícia adormecia, contudo, algo que com que ele entrasse em erupção.Engraçado que fazer essa analogia me faz imaginar que quando ele ( o vulcão) estava adormecido era que estava a magoar os que amava, quando entrou em erupção ele deixou de magoar, pelo menos é assim que me sinto.Não sei se estou me fazendo entender, tá meio confuso ainda.A única coisa que sei é que algo tem de ser feito para limpar toda a sujeira que ele deixou.Será que vai ser fácil?claro que não...

2 comentários:

Déo "Neguinho Atento" disse...

Nada como o tempo pra nos mostrar o que a gente realmente quer, Paty. Tudo vai saí bem. Como discipulo do Gil, devo dizer a vc que "tudo, tudo, vai dar pé..."

Valeu pelo comentario no meu blog. É complicado mesmo essa questão. Quem fica como chato sou eu, por não aguentar essas coisas calado e sempre desabafar o que me incomoda.

Abraço, Paty...

Déo "Neguinho Atento" disse...

Ops...esqueci de fazer correção do meu texto...

quis dizer: "Tudo vai SAÍR bem."

bjo.