sexta-feira, 27 de junho de 2008

O MELHOR AMIGO DA NOIVA

Essa semana fui assistir um filme no cinema coma minha amiga Andréa Lane.Íamos ver o tão falado e comentado Sex in the City, mas não tinha mais ingressos para o horário que queríamos, então escolhemos um outro que eu também estava afim de ver, o Melhor Amigo da Noiva, e eu simplesmente amei.Nossa fazia tanto tempo que tentava assistir um filme que me prendesse do início ao fim e que me fizesse rir muito e até me emocionar, já deu pra perceber que sou adepta do estilo comédia romântica né!pois é, sou mesmo, acho que a vida já é tão cheia de atribulações e estress para sair de casa e passar 2h vendo mais do mesmo que temos na real.O filme em si fala de amor, owww novidaaaade kkk, mas também de amizade, um casal que se tornou amigo ainda na Faculdade e que nutriam um amor um pelo outro às escondidas.Ela por achar que ele não gostava dela como mulher e ele por gostar de viver a vida de um "pegador", disse que se ficasse com ela iria ter que tirá-la da vida dele, pois uma de suas regras de cafajeste era não encontrar a mesma mulher no dia seguinte.Ele a amava tanto que preferia preservar a amizade verdadeira, daquelas em que os dois podem sair o dia inteiro e se divertirem apenas por estarem na companhia um do outro.Acho o tema capicioso porque no fundo quem nunca teve alguém assim na sua vida?ninguém?pois eu já tive, é estranho mesmo viu, nos tornarmos amigos de quem queríamos que fosse mais que isso, mas ter que continuar fazendo as mesmas coisas que se faz enquanto rola apenas amizade...estranho...todavia porque então que dá uma vontade danada de beijar na boca, de abraçar e de andar de mãos dadas?resposta difícil, ou não.Pode ser simplesmente porque queremos que o nosso amor goste das mesmas coisas que nós, que se divirta junto com a gente, porque com os amigos podemos nos abrir tanto sem medo de magoar o outro e sem medo de ter que prestar atenção se não está falando ou fazendo algo de errado.Com o namorado temos que ter um tipo de postura, mais séria digamos assim, com o amigo não, podemos ser mais soltas, mais livres.Que bom seria se em uma pessoa reuníssemos as qualidades dos dois.Os defeitos poderiam ser descartados numa boa kkkkk, ah aí eu tô pedindo demais não é!?

Bem, o bom é que o final foi feliz :) ai que lindo...teve a frase tão esperada por ela e tão insistentemente evitada por ele: I love you.Ele nunca havia dito isso para uma pessoa, apenas para cachorros.Todo cachorro que ele via na rua o fazia se abaixar e dizer I love you.Devia ser pela sua inconsciente vontade de dizer para alguém.O pior é que existem pessoas assim, que preferem demostrar seu amor para um animal do que para um ser humano.Na minha opinião são pessoas extremamente inseguras, pois não conseguem nem correr o risco de dizerem o que sentem, para serem sinceros com o ser amado e principalmente consigo mesmo.Isso eu falo quando o sentimento existe viu.Também não adianta nada cuspir I love yous por aí sem sinceridade, aí já passa para outro tipo de conversa, de papo, passa a ser uma banalização da frase mais linda, mais desejada e mais despível(essa palavra existe?) de todas.No sentido de ser capaz de despir-nos completamente, tira-se todas as máscaras, todas as roupas, todos os personagens, e só fica o eu.Puro.Nu.Foi assim que aconteceu com o personagem canastrão do filme, ele se desfez de seu personagem e o que ficou foi o cara que ela gostava e que no fundo ele também sempre quis ser.
=)

2 comentários:

Déo "Neguinho Atento" disse...

Ei paty, vc devia escrever mais sobre cinema aqui. Vc manda bem pra caramba. Sério mesmo. Não gosto muito de comédia romântica, embora eu assiste sem problema. Gosto muito de dramas, policiais e suspense (eu disse suspense, não terror com sangue pra todo lado).
Embora eu não goste tanto de comédia romântica eu tô escrevendo uma nesse momento que deverá se passar nos EUA mesmo. Tô muito esperançoso pois tenho uma ótima rede de contatos lá que deverão me ajudar. Vamo ver se essa comédia romântica vai te fazer rir e chorar também...espero.
:-)

Paty disse...

Dé, Ave Maria eu falar bem de cinema kkKK? aiai, só tu p me dizer isso e me fazer rir.
Amo cinema, ir msm, sair de casa, comprar pipoca, refri e de preferência c um gato do lado p cheirar de vez em qdo, né kkkk

Beijão